Buscar
  • Luciana Masson Beauty

Harmonização facial:



O que é harmonização facial? também conhecida por harmonização orofacial, é indicada para mulheres e homens que desejam melhorar a aparência do rosto e consiste na realização de um conjunto de diferentes procedimentos estéticos, que têm como objetivo melhorar o equilíbrio e trazer harmonia entre determinadas regiões do rosto, como o nariz, queixo, dentes ou região malar, que é a região do rosto em que estão os ossos da bochecha.


Estes procedimentos estéticos promovem o alinhamento e correção de ângulos da face, melhoram a harmonia entre os dentes e restantes características da pele, conferindo mais harmonia e beleza ao rosto e realçando as características já existentes e assim melhorando a autoestima das pessoas.


Alguns resultados podem ser visível de imediato, logo ao procedimento estético, mas o resultado final demora cerca de 15 a 30 dias a surgir. Inicialmente, podem surgir alguns hematomas e inchaço locais, que são normais e que desaparecem ao longo do tempo.


Quando devo fazer a harmonização facial

Antes de realizar a harmonização facial é importante pesquisar com atenção ao local e o profissional que irá realizar o procedimento estético, bem como se informar sobre os riscos relacionados com a técnica que irá ser utilizada, é importante que a pele da pessoa seja avaliada, assim como a presença de alguma doença ou condição, pois pode interferir na técnica que será utilizada para fazer a harmonização.


A harmonização facial é realizada com fins estéticos, sendo indicada quando a pessoa deseja diminuir a papada, olheiras ou marcas de expressão, correção de sobrancelhas, preenchimento e revitalização labial ou quando deseja definir a mandíbula ou fazer alterações na testa, queixo e nariz, por exemplo, sendo importante que o procedimento seja realizado por um especialista para diminuir o risco de complicações.


Como é feita a harmonização

A harmonização facial pode ser feita por várias técnicas de acordo com o objetivo do procedimento e, por isso, tende a ser orientada por uma equipe de vários profissionais, desde dermatologista, cirurgião plástico, dentista, fisioterapeuta dermatofuncional ou biomédico esteta e esteticista por exemplo.

Algumas das técnicas mais usadas para realizar uma harmonização facial são:


1. Preenchimento do rosto

Geralmente o preenchimento é realizado com ácido hialurônico, com o objetivo de aumentar o volume das maçãs do rosto, queixo ou lábios, por exemplo. Além disso, o preenchimento com ácido hialurônico também é utilizado para nivelar sulcos, rugas e preencher olheiras profundas.

A intervenção pode durar cerca de 30 minutos a 1 hora, mas a duração vai depender das regiões que vão ser injetadas. Saiba mais sobre este procedimento estético.

2. Aplicação de botox

A aplicação de botox é utilizada para levantar ou corrigir o ângulo das sobrancelhas ou suavizar rugas de expressão, como pés de galinha, por exemplo. O botox consiste numa toxina, chamada de toxina botulínica, que provoca o relaxamento do músculo, prevenindo a formação de rugas.

3. Lifting facial

Geralmente, o lifting facial utilizado para realizar uma harmonização facial, é realizado por meio da inserção de fios de ácido polilático, que promove um efeito lifting ao puxar os tecidos, sem que seja necessário recorrer a cirurgia.

4. Microagulhamento

A técnica de microagulhamento consiste em promover milhares de microlesões na pele, que estimulam a produção de colágeno e fatores de crescimento, conferindo mais firmeza à pele e suavizando manchas e cicatrizes.

Esta técnica pode ser realizada com um aparelho manual chamado de Dermaroller ou com um aparelho automático chamado de Dermapen. Saiba mais sobre o microagulhamento.

5. Peeling

O peeling consiste na aplicação de substâncias ácidas que promovem uma descamação leve da camada mais externa da pele, estimulando a renovação celular, suavizando linhas de expressão e conferindo um tom mais uniforme à pele.

6. Bichectomia

A bichectomia é um procedimento cirúrgico em que são removidas pequenas bolsas de gordura acumulada em ambos os lados do rosto, realçando as maças do rosto, afinando-as. Normalmente não fica nenhuma cicatriz visível no rosto, porque a cirurgia é realizada através de cortes feitos no interior da boca, que têm menos de 5 mm.

Geralmente, os resultados da cirurgia só são visíveis cerca de 1 mês após a intervenção. Saiba quais os cuidados para acelerar a recuperação e os possíveis riscos da cirurgia.

7. Procedimentos dentários

Além das intervenções estéticas realizadas no rosto, a harmonização facial também consiste na realização de procedimentos dentários, como uso de aparelho dentário, aplicação de implantes ou clareamento dentário, por exemplo.


8. Preenchimento e revitalização labial

O preenchimento labial é um tratamento minimamente invasivo, que utiliza o ácido hialurônico para proporcionar simetria, definição e volume aos lábios. O procedimento é indicado tanto para combater os efeitos do envelhecimento, quanto para dar mais volume aos lábios finos, na revitalização labial é um procedimento não invasivo feito por um profissional qualificado que tem por objetivo restaurar a pele labial. Para isso é feito a aplicação de um pigmento nos lábios com um dermógrafo (um aparelho elétrico com ponteiras de agulhas) que promete coloração natural e contorno dos lábios.


9. Micropigmentação de sobrancelhas

A Técnica Micropigmentação de Sobrancelhas trata-se de um procedimento que atinge apenas a camada superficial da pele, ou seja, a epiderme.

Com um aparelho em forma de caneta chamado dermógrafo, o pigmento é depositado na camada superficial da pele, onde ocorre o processo de renovação celular, por isso sua permanência será temporária, tendo uma duração média de 06 à 12 meses, após este período necessitará de uma reavaliação e manutenção para que o seus fios e cor sejam realçados.

É indicada para corrigir imperfeições ou simplesmente para as questões estéticas como deixar as Sobrancelhas Perfeitas.


Outras indicações da harmonização da face contemplam a melhoria das seguintes condições:

  • Excesso rugas e linhas de expressão;

  • Bigode chinês;

  • Problemas no sorriso ou dentição;

  • Estética nasal em desarmonia com a face;

  • Perda de volume facial;

  • Flacidez.


Riscos da harmonização facial

Apesar de na maioria das vezes a harmonização fácil ser considerada um procedimento seguro, quando não é realizado por um profissional capacitado ou quando a técnica não é realizada corretamente, o procedimento pode estar associado com alguns riscos, como obstrução do fluxo sanguíneo no local e necrose, que corresponde à morte do tecido, além de deformação no rosto.


A harmonização facial dura para sempre?

Não. Os componentes usados no tratamento de harmonização Facial são reabsorvidos pelo organismo. o tempo pode variar de 12 meses até 04 anos, a depender do produto que foi utilizado. Os bioestimuladores costumam ter maior tempo de duração, mas, mesmo assim, não são definitivos, depende muito de cada orgamismo.